09/03/2018 - Ribeirão Cascalheira - Leilões de gado ajudam a fomentar a economia

09/03/2018 - Ribeirão Cascalheira - Leilões de gado ajudam a fomentar a economia
Os leilões de gado de iniciativa do Sindicato Rural de Ribeirão Cascalheira vêm movimentando a economia do município e da região. Com o apoio do Sistema Famato, o sindicato promoverá no dia 14 de março, às 19h, no Parque de Exposições, o 3º Leilão de Gado de Cria, Recria e Engorda. Assim como na última edição, é estimada a comercialização de 400 animais. 
 
A expectativa é que produtores rurais de pequeno, médio e grande portes compareçam ao leilão e façam suas aquisições. Desde a primeira edição a média de vendas é de 300 a 400 animais de cria, recria e engorda. O presidente do sindicato, Eduardo Correia, disse que 100% do gado comercializado é originado da produção agropecuária do município e região. “O leilão comercializa os animais trazidos pelos produtores rurais. A ideia é que o pequeno e médio produtor tragam seus animais para serem adquiridos pelos grandes produtores”, explicou o presidente.

Correia contou que a ideia é fazer um leilão por mês, com o objetivo de fomentar a produção dos pecuaristas de Ribeirão Cascalheira e região, assim como contribuir para a economia da cidade. 

Outra vantagem, conforme Correia, é que essa participação direta dos produtores na comercialização do gado incentiva os donos de gados no melhoramento do padrão genético dos animais, assegurando assim bons negócios com grandes pecuaristas, dentro e fora do evento. 

Outro fator importante, citado pelo presidente foi em relação aos benefícios que o leilão traz para manter o sindicato de portas abertas e com maior representatividade. “Com o fim da obrigatoriedade da Contribuição Sindical, em vigor desde novembro de 2017, nós, enquanto entidades de classe, temos que nos reinventar, para continuar representando o produtor rural da melhor forma possível. E os leilões fazem parte do nosso cronograma de ações que devem ajudar nesse processo. Os recursos vindos dos leilões vão contribuir para manter o bom funcionamento do sindicato, o pagamento de despesas como, por exemplo, folha de pagamento dos colaboradores, serviços essenciais como luz, água, telefone e outros”, explicou Correia. 

Os produtores interessados em comercializar na 3ª edição do leilão devem entrar em contato com o sindicato pelo telefone (66) 3489-2063.
 
 
 
Assessoria