11/02/2019 - Ministério Público em parceria com municípios da região Norte Araguaia inaugura Casa do Idoso no Município de Alto Boa Vista

11/02/2019 - Ministério Público em parceria com municípios da região Norte Araguaia  inaugura Casa do Idoso no Município de Alto Boa Vista

Foi inaugurada na manhã de sexta-feira, 08, a Casa do Idoso no Município de Alto Boa Vista-MT, uma parceria do Ministério Público do Estado de Mato Grosso com os as Prefeituras de Alto Boa Vista, São Félix do Araguaia, Novo Santo Antônio e Luciara, onde garantirá receber pessoas, amém do município sede,  também dos municípios parceiros e que compõem a Comarca de São Félix do Araguaia.

A prefeita Janailza Taveira Leite, diz sentir-se aliviada agora que a Casa do Idoso irá oferecer o serviço de acolhimento aos idosos. “Tenho certeza de que estamos fazendo o melhor, de acordo com o que a lei nos permite. Estou muito feliz em entregar esta importante obra para comunidade. Enfim os idosos dos municípios parceiros terão um local adequado para serem acolhidos”, afirmou Janailza.

De acordo com informações, a “Casa do Idoso Viver Melhor” conta com espaço suficiente para abrigar 10 pessoas e está adaptado para atender às necessidades dos idosos, oferecendo segurança 24 horas, e servirá como referência para os demais municípios de Mato Grosso. Este é o primeiro projeto realizado na região Norte do Araguaia e tem o objetivo de acolher, interagir e oferecer qualidade de vida aos idosos. Um espaço inovador e adaptado aos idosos.

A partir de agora, os quatro municípios que integram na parceria, terão à disposição uma equipe multidisciplinar para atendê-los e proporcionar cada vez mais bem-estar, atenção e carinho. Um espaço inovador  que irá estimular o convívio social de modo que o idoso se sinta uma pessoa ativa.

Esta obra é um marco para o Ministério Público, uma luta do promotor Dr. Jairo José de Alencar Santos, da Comarca de São Félix do Araguaia, juntamente com os municípios. Trata-se de um diferencial, uma grande conquista e oportunidade para os idosos que precisa de políticas públicas voltadas para a qualidade de vida. A qualidade dos serviços dos municípios que serão oferecidos na Casa do Idoso é oferecer uma qualidade de vida e o bem-estar de seus freqüentadores, além de cuidado mantendo o vínculo familiar, sem a necessidade de institucionalizar o idoso, ou seja, sem deixá-lo permanentemente em um residencial ou casa de repouso. No final do dia e nos finais de semanas, ele permanece em seu domicílio, convivendo com a família.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, até 2025 o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos. O envelhecimento da população é uma das maiores conquistas da humanidade e também um dos grandes desafios das administrações. Com o aumento da expectativa de vida, todos desejam viver mais e melhor, no entanto, viver é envelhecer. O envelhecimento humano não deve ser sinônimo de solidão. Ter amigos, conversar, compartilhar emoções e experiências, receber atenção às necessidades básicas e ainda se divertir, contribui para uma melhor qualidade de vida em qualquer idade.

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

 

 

Comentários

Novo Comentário