12/09/2018 - Beto Richa do PSDB é preso por corrupção, ele não foi preso pela Lava Jato

12/09/2018 - Beto Richa do PSDB é preso por corrupção, ele não foi preso pela Lava Jato

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso nesta no início desta manhã em Curitiba por corrupção; ele é candidato ao Senado e aliado de Sérgio Moro; prisão não foi pela Lava Jato, mas pelo Gaeco; Richa ficou conhecido como o carrasco dos professores do Paraná, ao ordenar uma repressão brutal a uma manifestação em 29 de abril de 2015; mais de 200 pessoas ficaram feridas, oito delas em estado grave; Fernanda Richa, esposa de Beto, também foi presa

 

A prisão acontece nas barbas do juiz Sérgio Moro, seu aliado, que em junho havia enviado o inquérito sobre corrupção do ex-governador à Justiça Eleitoral, sendo obrigado a cuidar do casa novamente a partir de julho, por decisão da própria Justiça Eleitoral que o devolveu. A prisão de agora não se deve à lava Jato e foi realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

 

A esposa de Beto Richa, Fernanda Richa, e Deonlison Roldo, que é ex-chefe de gabinete do ex-governador, também foram presos.

 

Nesta manhã, também foi deflagrada a 53ª fase da Operação Lava Jato que cumpre três mandados de prisão em Curitiba. Mas, até o momento, não se sabe quais são os alvos.

 

Batizada de “Piloto”, a 53ª etapa da Lava Jato cumpre 36 mandados judiciais em Salvador (BA), São Paulo (SP), Lupianópolis (PR) Colombo (PR) e Curitiba (PR).

De acordo com a Polícia Federal (PF), o objetivo da investigação é a apuração de suposto pagamento milionário de vantagem indevida no ano de 2014, pelo Setor de Operações Estruturadas do Grupo Odebrecht.

 

 

A verdade dos fatos

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário