13/03/2019 - Senadora acusa Wilson Santos de participar de extorsão

13/03/2019 - Senadora acusa Wilson Santos de participar de extorsão

A senadora Selma Arruda (PSL) envolveu mais um nome na acusação de extorsão para que as suas contas fossem aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE): o deputado estadual Wilson Santos (PSDB). Segundo a senadora, o parlamentar teria procurado o então marketeiro dela, o jornalista Kleber Lima, para oferecer ajuda no processo contra o publicitário Junior Brasa.

 

O caso é investigado pela Polícia Federal e na tarde de terça-feira (12) tanto Kleber quanto Wilson prestaram depoimento na sede da instituição. A senadora afirma que se ela pagasse um valor para Junior Brasa, seu problema seria resolvido perante o Judiciário.

 

"O Kleber me disse que foi procurado pelo Wilson Santos, dizendo que o Brasa me ajudaria na audiência se eu lhe desse 600 mil. Se isso não é extorsão, sinto muito por ambos", afirma Selma.

 

A acusação da suposta extorsão surgiu quando Selma foi acusada de praticar caixa dois durante o período de pré-campanha, com a contratação da agência de publicidade de Brasa, no valor de R$ 1,8 milhão. Desse total, teria ficado pendente o pagamento de R$ 1,1 milhão e o empresário entrou com uma ação judicial para receber o valor.

 

Junior Brasa disse que não realizou nenhum tipo de extorsão e duvida que Wilson Santos tenha feito qualquer ação nesse sentido. “Eu ofereci uma proposta mais barata que essa [os R$ 600 mil] para que ela pagasse a dívida, mas ela não aceitou. Não é a primeira vez que a Selma fala qualquer coisa para se livrar de uma acusação. Só tenho a lamentar”.

 

 

Thalyta Amaral

Comentários

Data: 13/03/2019

De: Luis Gonzaga Domingues

Assunto: A Selma e Sinval Barbosa

Com certeza o Sinval estava envolvido em corrupção, mas doutorinha juizinha do direito/torto também não tem o minimo de caráter e ética, pois conforme lemos na mídia do estado e nacional a coitadinha deverá perder seu carguinho no senado. Kkkkkk

Novo comentário