10/08/2018 - Homem confessa que matou ex-cunhado por 'raiva e mágoa do passado' em Ponte Branca

10/08/2018 - Homem confessa que matou ex-cunhado por 'raiva e mágoa do passado' em Ponte Branca

A Polícia Militar (PM) acompanhou uma ocorrência na terça-feira (07/08) de uma moto que foi recuperada e um cadáver que foi encontrado com sinais de execução e amarrado no município de Ponte Branca em Mato Grosso. Um crime brutal que teria sido cometido por causa de mágoa do ‘passado’ que autor Wanderley Rodrigues da Silva teria do ex-cunhado Paulo Henrique.  
 
O site Araguaia Notícia levantou que após receberem a informação sobre o furto, a PM iniciou as diligencias sob comando do sargento Delmir, e encontrou a moto Titan com placas JZT 9815 na casa de Wanderley cuja residência estava suja de sangue demonstrando que o brutal assassinato aconteceu ali. O veículo estava escondido dentro do banheiro.
 
Na sequencia, os policiais encontraram na rodovia o corpo de Paulo Henrique amarrado com sinais de execução com muito sangue na boca e nariz, abandonado na rodovia MT 100 na saída para Ribeirãozinho. A vítima era ex-cunhado de Wanderley.
 
Os policiais lembraram que viram Wanderley passando pela rodovia e já na estrada para Doverlândia conseguiram prendê-lo. Ele confessou o assassinato do ex-cunhado e disse que o matou por raiva e magoa de um fato que ocorreu no passado.
 
Wanderley explicou que tinha raiva do Paulo Henrique pois ele teria roubado um colar da mãe de Wanderley que foi agredida com um tapa no rosto pelo ex-cunhado. “Ele nos contou que aproveitou a discussão e partiu pra cima do Paulo Henrique com um tijolo e decidiu mata-lo. Após consumar o crime, Wanderley contou que amarrou a vítima como se fosse um animal pelos pés e mãos e levou o cadáver para desová-lo na rodovia MT 100 a 2 km de Ponte Branca”, explicou o sargento Delmir.
 
Após o assassinato, Wanderley saiu pela rodovia sentido a cidade de Doverlândia-GO onde acabou sendo preso e encaminhado a delegacia.
 
Paulo Henrique já respondia por dois processos de  homicídio e de furto. E figura como suspeito pelo furto de três motos na região sendo uma na cidade de Alto Araguaia que deixou numa oficina em Ponte Branca; uma Biz em Doverlândia e agora essa moto Titan que foi recuperada na terça-feira.
 
Wanderley que respondia por uma ocorrência de Maria da Penha, de violência doméstica, agora responderá pelo homicídio do ex-cunhado.

 

 

 

Araguaia Notícia

Ronaldo Couto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário